Plus500

terça-feira, 29 de abril de 2008

Consumidor paga alta do petróleo em vários produtos

O petróleo será sempre uma área minada. Ontem, eu almocei com o presidente da indústria petroquímica Braskem, José Carlos Grubisich. Ele me disse que o preço do nafta, que é a matéria-prima mais utilizada, está muito mais caro por causa das cotações do petróleo. A tonelada passou de US$ 180,00 em 2002 para US$ 960 hoje.
Esse aumento forte encareceu vários produtos com possuem plástico, como o PVC (que encarece os preços da construção civil), produtos para embalagem, brinquedos, entre outros. Isso quer dizer que os consumidores estão pagando pela alta do petróleo, mesmo com a gasolina congelada.
E o governo já está falando em reajuste do combustível. Com isso, o Banco Central terá que rever os seus cálculos para a inflação, porque na última ata ele considerou no cenário básico que não haveria reajuste. Isso quer dizer que os juros subirão mais ainda. O cenário não é bom e o IGP-M de hoje reforça ainda mais o pessimismo. Ouça aqui na CBN.

Nenhum comentário: